16 de março de 2016

Capas de discos - 2 - Mark Kozelek

Album: Mark Kozelek Sings Favorites Artista;: Mark Kozelek Editora: Caldo Verde Records (San Francisco, USA) Local fotografado: Viaduto Cais das Pedras Ano: 2016 Músicas: 1. Send In The Clowns 2. Moon River 3. Win 4. I'm Not In Love 5. Amanda 6. O Holy Night 7. Mainstreet 8. Somewhere Over The Rainbow 9. Get Along Home Cindy 10. Another Day 11. Float On 12. Something Stupid

Capas de discos - 1 - Conjunto António Mafra

Editora: Orfeu ‎– ATEP 6573
Formato: Vinyl, 7", 45 RPM
Lançamento:1974
Local fotografado: Avenida dos Aliados

Músicas:
A1 - Não Deixes Que Calem Mais A Tua Voz
A2 - O Sol Que Vem Da Serra
B1 - Menina Dança, Dança
B2 - Ó Ramos Hoje Cá Estamos

2 de março de 2016

Jogo entre Foot-Ball Club do Porto e Boavista Foot-Ball Club (1917)


in Illustração Catholica, 12 de Maio de 1917

A Venda da Flôr

Photo Azevedo. In Illustração Catholica, 5 de Maio de 1917
Imagem tirada em frente da Estação de S. Bento, vendo-se ao fundo a Igreja dos Congregados
A «Venda da Flor» (artificiais...), foi uma iniciativa da escritora Genoveva da Lima Mayer Ulrich, visava angariar fundos destinados ao apoio aos soldados acamados, feridos e doentes nas zonas de guerra. Ocorreu no dia 15 de Março de 1917 e uma segunda vez em Abril de 1918.


«O motocyclista L. Bessa Pinto comprando uma flôr a Mademoiselle Pinto da Fonseca. »
«— Os conhecidos joalheiros snrs. Serafim e Manuel Reis. comprando flores»

«O antigo industrial snr. Antonio da Silva Marinho comprando uma flôr»


12 de maio de 2015

Marco do Bairro Gomes da Costa

Marco das Moradias Económicas do Bairro Marechal Gomes da Costa - 1949.

Situado no Largo D. João III, assinala a inauguração daquele bairro construído entre 1948 e 1949 e que era constituído por 148 moradias destinadas a pessoas que fossem «chefes de família com idade entre os 21 e os 40 anos, empregados, operários ou outros assalariados, membros dos sindicatos nacionais, funcionários públicos, civis e militares, e outros operários dos quadros permanentes dos serviços do Estado e das Câmaras Municipais». O regime de propriedade era o de propriedade resolúvel, pelo qual os adquirentes pagariam uma prestação (nunca inferior a 240 meses). A prestação incluia além do pagamento da habitação ainda seguro de vida, de invalidez, de doença, de desemprego e de incêndio.

José Vitorino Damásio


José Vitorino Damásio (1807-1875). Militar, industrial, professor universitário.
Ver perfil bibliográfico no site da U.P.

Monumento/busto (1998) colocado em jardim na Rua Diogo Botelho (junto ao Fluvial e Parque da Pasleira), da autoria de Gustavo Bastos.

24 de fevereiro de 2015

Vista a partir de um Zeppelin

Postal editado pela Tabacaria Africana
Sem data
A 10 de Junho de 1935 o dirigível Graf Zeppelin sobrevoou a cidade do Porto (*). 
Poderá a fotografia ser eventualmente dessa data, pois não se tem referência a outra visita daquela aeronave.

28 de setembro de 2014

Uma inspecção do IVP

Fotografia encontrada no eBay. Sem autor e sem data. 
Provavelmente do início dos anos 50 e da responsabilidade do próprio I.V.P.


Um interessante «boneco» realizado para demonstrar como decorriam as acções inspectivas do  I.V.P. (Instituto do Vinho do Porto).
Temos ali o quadro completo da cena:  a carrinha do I.V.P,; o respectivo motorista fardado; o técnico tomando notas e verificando o manifesto de carga; 3 caixas abertas e duas garrafas estrategicamente posicionadas; a presença do GNR da Guarda Fiscal por causa das coisas e o comerciante/expedidor abrindo uma garrafa e servindo um copo como prova de que era mesmo vinho.Também dois mirones de serviço. A completar, pode-se imaginar o fotógrafo empoleirado em cima de umas caixas para apanhar o devido angulo......

13 de agosto de 2014

Arte na Cidade (1): Pantera


«Pantera», de autoria de José Rodrigues  (com colaboração de Ana Carvalho). 
Local: Estádio do Bessa Século XXI, 2002