21 de janeiro de 2010

Quizz


Saberá o leitor que existe na cidade do Porto um velódromo (recinto de corridas de bicicletas em circuito fechado), com 333,33 metros de perímetro, não demasiado degradado (excepto uma faixa de 10 metros ocupada por um edifício) e que tem ainda dois campos de ténis?

E onde fica?

6 comentários:

NR disse...

Traseiras do Palácio dos Carrancas?

Gabriel Silva disse...

isto de ter bons leitores tirou emoção à coisa...

Certo. Fica nas traseiras do Museu Nacional soares dos Reis.

Chamava-se o circuito: «Velódromo Maria Amélia» e foi o terreno cedido pelo rei D. Carlos em 1893 ao Velo Clube (com sede no palácio de Cristal) ali se realizando muitas corridas.

Actualmente, o público não tem acesso ao local, cuja entrada se fazia pela rua de Adolfo Casais Monteiro.

O circuito está parcialmente intacto, excepto uma faixa, visível na imagem, porque entretanto e construiu um edifício de apoio ao museu.

Miguel Barbot disse...

Este recinto é fantástico e é uma tristeza estar fechado...

O Museu tem-se modernizado e toda a zona está cheia de hype... não se podia fazer nada ali nada de interessante para melhorar ainda mais a zona? (eventos, espaços públicos, etc)

Porta Nobre disse...

É verdade. Ainda há pouco visitei o museu e andava à procura da pedra de armas da antiga porta nobre... não a vi; deve estar no outro jardim que está vedado ao público. Apreciei o museu na totalidade, mas ver aquela simples pedra teria para mim um significado maior...

Porque não reanimar o antigo velódremo com actvidades ao ar livre relacionadas com o museu. Exposições temporarias talvez...?

Miguel disse...

Muito bom! Eu ainda fui procurar para os lados do Monte Aventino, mas lá só tem mesmo os courts de ténis...

Carlos disse...

Ola,
Curioso hoje ao pesquisar sobre o Real Velo Clube Portuguense, devido a um emblema que adquiri recentemente, deparei com esta pagina extraordinária sobre património do Porto.
Se o bloguista quiser uma foto/Imagem do emblema posso enviar sem problemas.
Para isso se criaram os blogues.
Abraço amizade
Carlos Caria